Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Capitulo 29 - (P.V. Sara & Ângela + P.V. Robert & Kellan [Especial & Traduzido])

 

P.V. Sara
 
          -“Can be me asking that?” (Posso ser eu a fazer a pergunta?) -Disse envergonhada.
Ele esboçou um sorriso de orelha a orelha e abanou a cabeça afirmativamente...
          -“Do you wanna be mine?” (Queres tu ser meu?) - Perguntei acabando por dar uma gargalhada.
          -“ I was seeing that you never asked...” (Estava a ver que nunca mais perguntavas...) -Disse, e em seguida deu-me alto beijo, deixando-me sem fôlego...
 
P.V. Ângela
 
-“Turn on the oven please.” (Liga o forno se faz favor) -Pedi ao Rob.
Estava agora mais calma, pelo menos ele tinha-me prometido que não me deixaria, e pensar nisto deixava-me histérica de alegria. Já nem me apetecia fazer o jantar, nem comer... podiam mandar mesmo as lasanhas pelo ar que eu não me importaria, o que queria mesmo era estar com o Rob, encostada ao seu peito, a sentir as suas mãos no meu cabelo, no meu corpo... Humm... comecei a sentir saliva a mais na minha boca... e "acordei" daqueles meus pensamentos que me faziam abrir a boca e salivar inconscientemente!
-"Ângela!? The oven is already on!" (Ângela!? O forno já está ligado!) - Chamou-me à atenção o que me fez deixar cair uma das lasanhas de carne no chão.
-"Fuck!" - Gritei chateada.
-"Easy ... I share my food with you ... and then I "feed you" better ..." (Calma... eu partilho o meu comer contigo... e depois eu "alimento-te" melhor...) - Disse atrevido roubando-me um beijo.
-“You're really helpful!!” (És mesmo prestável!!) -Disse com ironia. -"Now help me pick up the lasagna!" (Agora ajuda-me a apanhar a lasanha!).
-"Of Course, I help you..." (Claro, eu ajudo-te...) - Garantiu-me baixando-se enquanto percorria a minha perna com a mão de cima a baixo, ao que eu me arrepiei. Ele começou a rir à gargalhada.
- Robert... - Tentei controlá-lo.
-"Now I liked..." (Agora eu gostava de...) - Começou por me pedir...
-“Yes, I liked too! But later ok?” (Sim, eu também gostava! Mas mais tarde ok?) -Disse desviando-me dali antes que as minhas hormonas não o permitissem...
O Robert não estava a ajudar e aproximou-se de novo de mim agarrando-me por trás a cintura e mordiscando-me a orelha.
-"Robert... Stop!" (Robert... Pára!) - Supliquei-lhe começando a ficar ofegante.
-"Abstrai Ângela, abstrai!!!" - Ordenava a mim mesma.
-“Oh come on?? Not again guys...” (Oh então vá lá?? Outra vez não malta...) -Disse Kellan ao ver a lasanha esmagada no chao da cozinha...
-"It was an accident..." (Foi um acidente...) - Garanti-lhe.
-"What have you two doing locked in the bathroom?”(Que andaram a fazer os dois trancados na casa de banho?) - Perguntou o Rob ao Kellan enquanto eu punha as  2 lasanhas sobreviventes no forno.
-“Things...” (coisas) -Respondeu-lhe com um sorriso que, se bem o conheço, me parecia um sorriso perverso, mas daqueles BEM perversos...
-Sara?! Queres-me contar?! - Perguntei-lhe curiosa.
A Sara olhava o Kellan embevecida e tinha as mãos nos seus bolsos traseiros das calças.
Nisto, ela pegou no telemóvel e começou a escrever... Segundos depois recebi uma SMS:
"Cunhadinha o Kellan declarou-se *.* Estou nas nuvens! LY "
- Uii Uii Uii!! - Disse em voz alta, ao que eu lhe respondi:
"Que boooom!!! PARABÉNS! E o Robert prometeu-me que não ia deixar que nada nos separa-se! *.* LY too!!!!"
Ela piscou-me o olho e respondeu:
 
-"Somos "gandas" sortudas! "
-“Hey, you are texting with who?” (Hey, andas às mensagens com quem?) -Perguntou-lhe Kellan ciumento...
-“With my portuguese boyfriend!” (Com o meu namorado português) -Respondeu-lhe gozando com ele... Porem Kellan não achou graça nenhuma á brincadeira...
 
P.V. Kellan [Especial & Traduzido]
 
- "O quê!? Ela só pode estar a brincar..." - Pensava "furioso". -"Mas realmente fazia sentido, o desprezo dela... ela tinha namorado, outro à sua espera... E esse outro tinha a minha Sarocas..."
-FUCK!!! -Gritei de raiva batendo com o punho na parede... Olharam todos para mim, eu saí da cozinha e fui para a rua apanhar ar...
- Só me podiam estar a gozar!!! AHHHHHH!! - Berrava de raiva em
direcção ao mar.
-Kellan!!!!!! - Gritava a Sara a correr atrás de mim. - Eu estava a brincar!!!!! Eu só te quero a ti!!!! - E nisto quando dei por ela, ela estava com as pernas entrelaçadas na minha cintura, ao meu colo.
          -Não gosto de ser o "outro" - Disse pousando-a na areia.
          -Estava a brincar contigo meu tontinho! -Argumentou dando-me a mão
          - Mesmo!? - Perguntei desconfiado, acalmando-me...
          - Juro! - Prometeu-me ao que eu a beijei.
 
          -"Teu tontinho" ? -Repeti
          -Só meu !! -Respondeu com um sorriso irresistível.
          -Então também és SÓ minha!!! -Cheguei à feliz conclusão...
          -Se me quiseres... Disse ela corando.
          - "Como é que poderia não quere-la?" -Pensei
       - JANTAR!!!!!!!!!!!! - Gritou Rob da varanda (interrompendo-nos).
       - Óh boa... - Murmurei pousando-a no chão novamente.
          - Vamos lá... - Disse puxando-me.
          - Ainda me estás a dever "aquilo"... - Relembrei-a
          - Como me poderia esquecer ? -Disse ela agarrando-se mais a mim, feliz... Aquele gesto deixou-me super feliz também e não resisti em pegar nela e rodopia-la pelo ar...
          -Kellan ? Pousa-me no chão... Vou cair... – Gritava a Sara.
          -Não deixo nada, és tão levezinha babe! -Disse enquanto lhe obedecia, poisando-a no chão.
          - DESPACHEM-SE!!!! - Gritou por sua vez a Ângela.
          - Estamos a ir.. estamos a ir!! - Prometi colocando a Sara às cavalitas e entrando rapidamente para dentro de casa.
Sábado, 30 de Janeiro de 2010

Capitulo 28 – (P.V. Sara & Ângela + P.V. Robert & Kellan [Especial & Traduzido])

 

P.V. Sara
 
Comecei então a tirar os preservativos e a enche-los um a um enquanto os rebentava... O Kellan olhava-me lixado.
          -“Wtf you doing?!” (Que mer** estás a fazer!?) - Perguntou-me boquiaberto enquanto via eu rebentá-los.
Parei com o que estava a fazer apercebendo-me da estupidez de tudo aquilo...
          -“I'm sorry!” (Desculpa!) -Disse pousando tudo em cima da cama...
          -"This will not stand! You will have to pay me ..." (Isto não fica assim! Vais ter de me recompensar...) - Afirmou com um sorriso perverso...
          -"Humm what you want me to do?" (Humm que queres que faça?) – Perguntei.
-"Well... I want use one condom... with you" (Bem... Eu quero usar um preservativo.. contigo.) - Afirmou agarrando-me.
-"Well, it won’t be now! Maybe tonight..." - (Bem, não vai ser agora! Talvez esta noite...) -Disse-lhe junto ao ouvido enquanto saía do quarto...
-"OMG Sara, que foste tu dizer?!! Agora ele vai ficar a pensar que logo a noite..." -Pensava preocupada
-"I'll be waiting..." (Fico á espera...) -Disse puxando-me e beijando-me intensamente. (Como vou conseguir resistir a este gato?!)
 
P.V. Ângela
 
O Robert fitava o chão, reflectindo... Não respondera à minha pergunta ainda.
-“And now what you gonna do Robert?” (E agora que vais fazer Robert?) - Repeti de novo a medo…
-“I don't know ... I'm confused! Give me some time please!” (Eu não sei... Estou confuso! Dá-me algum tempo por favor!) - Disse ainda fitando o chão.
-“Don't do that to me… You know what you mean to me!” (Não me faças isso… Tu sabes o que significas para mim!) -Disse com as lágrimas a escorrerem.
-Ângela?! -Chamou Sara entrando na cozinha de mão dada com o Kellan.
Corri para me abraçar a ela.
-“What's happening?! What do you did to her Robert?! -(Que se passa ?! O que lhe fizeste Robert?!) -Perguntou ao ver as minhas lágrimas...
-"I did nothing..." (Eu não fiz nada...) - Disse abatido.
- Cunhadinha o Rob descobriu a minha idade... Ajuda-me! - Supliquei-lhe.
- O quê?! Que foi que ele te disse? -Perguntou-me... (Em português claro, para que eles não percebessem...)
- Disse que... ele disse que estava confuso e que precisava de um tempo. - Expliquei-lhe com um "nó" na garganta.
-É normal ele estar "assustado" - Acalmou-me. - Tens que deixa-lo digerir primeiro esta informação amor...
- Mas... Cunhada eu não consigo esperar... - Confessei imaturamente.
A Sara levou-me para a casa de banho.

- Bé se ele gostar de ti não vai ligar a tua idade! Tens que perceber que é complicado para ele… É que além de poder ir preso, ele é uma celebridade! – Explicou-me.
-Porque raio é que eu não fiquei sossegada no meu cantinho?! - Reflecti em voz alta.
-Vais-me dizer que estas arrependida?! -Perguntou-me com um sorrisinho a soltar-se.
- Não... - Admiti relembrando a manhã perfeita que ele me houvera proporcionado… A minha primeira vez.
Passei a cara por água e mentalizei-me que tudo aquilo ia passar... Dei um beijo à Sara e saímos da casa de banho onde os meninos nos esperavam na sala.
- “Are you okay?!” (Estás bem?!) - Perguntou-me o Kellan puxando a Sara para os braços dele.
- "I'll stay." (Vou ficar.) - Respondi-lhe dirigindo-me para a cozinha para preparar as lasanhas.
- “Come with me to the bathroom!” (Anda comigo à casa de banho!) -Pediu Sara a Kellan…
-“What? Why?” (O quê? Porquê?) -Perguntou-lhe este.
-“Just come!” (Apenas vem) -Disse-lhe arrastando-o ate ao W.C. onde se trancaram...
 
P.V. Kellan [Especial & Traduzido]

- O que é que?! - Perguntei à Sara.
Okay admito o meu coração estava a mil e eu já só imaginava os nossos corpos num só...
- "Esquece Kellan! Esquece!!!" - tentei afastar os meus pensamentos
-Kellan já falaste com o Rob ? Que é que ele esta a pensar fazer relativamente à idade da Ângela? -Perguntou-me, eu estava mais concentrado nas suas pernas, no seu decote...
-Kellan?? – Chamou-me.
-Sim babe? – Perguntei-lhe percorrendo o seu corpo.
-Importaste de olhar-me nos olhos enquanto falo contigo? - Perguntou-me.
- "Importar não me importava, ela tem uns olhos lindos, mas é sempre melhor olhar para as suas pernas... e humm... o seu corpo... (babando)" -Pensava olhando-a de cima a baixo...
- Kellan!!! - Berrou-me.
-Sim, babe, estou a ouvir! -Respondi-lhe olhando-a nos olhos.
-O que é que o Rob está a pensar fazer quanto à idade da Ângela? -Repetiu revirando os olhos...
- Ele tem medo. Graças a Deus que tu tens quase 18 anos meu amor...
Disse puxando-a para mim e percorrendo os meus lábios pelo pescoço e decote dela, encostando-a contra a porta.
          -Hum, porquê?! – Perguntou-me ela fazendo-se de despercebida.
          -Tu sabes porquê... - Respondi enquanto percorria as mãos pelo seu corpo quente.
          -Diz-me - Pediu-me.
Parei e olhei para ela
          -Eu... gosto... Bué’ de ti! – Desabafei - "Oh, boa Kellan, porque não dizes logo a verdade? que a amas? Como pode ser tão difícil?!"- Pensava...
          -Repete lá...!? - Pediu a Sara boquiaberta.
          - Eu quero-te... Quero-te ao meu lado... sempre... – Confessei.
Sara engasgou-se com a minha declaração...
       -"Ok, ela não sente o mesmo por mim! És tão cromo Kellan! Dedica-te à pesca porque a conquistar alguém dessa maneira não vais lá..." - Repetia para mim mesmo.
          -Por favor Sara dá-me uma oportunidade... - Supliquei-lhe corando.
A Sara respirou fundo...
          -Não tem piada Kellan Lutz... Pára de brincar com os meus sentimentos sim?! - Respondeu-me também bastante vermelha.
          -Brincar?! Sarocas estou a dizer pela primeira vez a alguém aquilo que realmente sinto e tu dizes que estou a brincar?! – Perguntei-lhe contornando a sua face com a ponta dos dedos...
          -Tu só podes mesmo estar a gozar... esperem eu estou a sonhar... - Dizia a Sara, ao que eu não consegui evitar rir.
          -"Afinal ela nutre o mesmo sentimento por mim!!!" - Reflecti super feliz.
          - Sara? - Perguntei ajoelhando-me ao que me desequilibrei e caí, recompondo-me rapidamente.. - Sara, queres... ser minha? - Perguntei a medo.
 
P.V. Robert [Especial & Traduzido]
 
          - "Será possível que eu não tenha sorte nenhuma!?" - Pensava enquanto a olhava desolada de volta do nosso jantar. - "Querer e não poder ter?! Sim eu sei o que é isso... é por isso que passo. Quero-a mas por outro lado posso ser preso... Eu podia tentar ocultar a nossa relação do resto do Mundo... mas e se alguém quer a minha desgraça e me põe na prisão!?" - Eram estes os pensamentos que me preenchiam.
Acendi o cigarro (estava mesmo a precisar).
          -Queres ajuda? -Perguntei-lhe levantando-me do sofá
          -Hum? Não é preciso... -Respondeu-me desanimada enquanto fazia um barulho enorme ao bater as portas dos armários.
Aproximei-me dela e peguei na sua mão...
          -Ângela, nós... nós temos de ter cuidado! -Comecei por dizer - Eu não quero deixar-te, mas também não me dava jeito nenhum ser preso! - Disse forçando um sorriso.
          - Escusas de disfarçar, ou mentir ou seja lá o que for está bem!? - Disse-me olhando para a lasanha.
Peguei no seu rosto e fi-la olhar para mim.
          - O que queres dizer com isso? - Perguntei.
          - Que escusas de estar comigo por obrigação. Não quero isso... eu já percebi que a minha idade incomoda-te! - Prosseguiu ela.
          - És tão tonta Ângela... Ainda não reparaste que eu te amo?! – Perguntei-lhe elevando a voz nesta ultima frase. - Achas que se não te amasse estaria aqui?! Contigo?! -Perguntei
A Ângela encolheu os ombros e eu beijei-a suavemente nos seus lábios doces. Depois dei-lhe um forte abraço e sussurrei no seu ouvido:
          -Não vou deixar que nos separem, prometo.
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

Capitulo 27 – (P.V. Robert & Kellan [Especial & Traduzido] + P.V. Sara & Ângela)

 

 
P.V. Kellan (Especial & Traduzido)
 
Entrava na cabana com os sacos das compras quando vi o Rob com as mãos na minha Sarocas! Larguei os sacos nas mãos da Ângela e corri para cima do Rob...
          -Traidor!!! -Disse dando-lhe um soco.
          -Nããão!!!! Kellan pára!!! - Gritou a Ângela correndo na nossa direcção ao ver que a “coisa” não tinha ficado por apenas um soco.
A Sara tentava-me acalmar mas eu estava fora de mim e acabei por lhe dar um encontrão, magoando-a no peito...
          -Kellan!!!!! - Gritava mais ainda a Ângela empurrando-me para o chão (a custo) e verificando o estado do Rob.
Agora a música de que eu tanto gostava adequava-se perfeitamente aqui... "I feel like a monster"
A Sara olhava para mim assustada… O Robert sangrava...
          - “O que é que eu fiz!?” - Pensei envergonhado e arrependido.
Fui ter com ela...
          - Babe eu sou um idiota! Desculpa... - Disse tocando-lhe na face (perfeita).
          -Um idiota? És mais que idiota! - Disse enervada e com razão...
Eu era muito mais que um idiota por magoar a minha miúda e por ter posto a sangrar um dos meus grandes amigos!
         -Rob!? - Chamei-o.
-Deixa-me pah!!! - Respondeu-me enraivecido.
Ele havia-se controlado... não me tocara sequer!
          -Sara ajuda-me por favor... - Pedia a Ângela assustada com todo aquele sangue que esvaia da cara de Rob.
Saí para a rua e mandei mensagem à minha Sara:
"Anda ter comigo cá fora babe por favor,  Desculpa"
Sentei-me nas escadas preparando-me para esperar... Será que ela apareceria?!

P.V. Robert (Especial & Traduzido)
 
Okay... Doía... MUITO!
          - Amor... eu e a Sara não... - Tentei explicar-lhe.
          - Falamos depois Rob... - Pediu-me como se tivesse um nó na garganta.
          - Amor... Por favor, eu não fiz nada!!! - Pedia-lhe enquanto ela me carregava a t-shirt (que havia tirado) contra a minha boca sangrenta...
          -"Hey, esperem lá! Eu disse "t-shirt que ela havia tirado?!”
          - Ângela posso, por favor, ser o único a ver-te em sutiã?! -Pedi-lhe colocando a t-shirt à frente dela.
          -Mal agradecido - Respondeu-me pegando nela e saindo da cozinha...
Levantei-me e segui Ângela até ao quarto...
          -Ângela tens que acreditar em mim! Eu deixei cair a cinza na camisola da Sara e depois fui a limpar mas nesse momento apareces tu... e o Kellan! -Tentei explicar atrapalhado.
          - Óh está bem.... - Disse enquanto vestia a camisola.
          - EI! Achas mesmo que eu de manhã te tiro a  virgindade e à tarde ando a trair-te a ti e ao meu grande amigo Kellan com a rapariga dele?! - Perguntei-lhe explodindo ao que ela me olhou.
          - Espero bem que não... - Respondeu-me "pregando" o olhar no chão.
          -Claro que não amor! - Disse sentando-me ao lado dela na cama, preparava-me para lhe dar um beijo quando a Sara entra no quarto...
          -Rob, será que podias ir falar com o Kellan? -Pediu-me Sara com uma voz bastante desanimada.
          -Claro, está tudo bem? -Perguntei-lhe ao passar por ela enquanto saía do quarto.
          -Hum hum...-Respondeu
Saí então do quarto e fui ter com o Kellan que se encontrava agora sentando ao balcão da cozinha...
 
P.V. Sara
 
          - Cunhadinhaaa estás chateada comigo? -Perguntei aproximando-me timidamente dela...
          - Eu não acredito no que acabei de ver Sara... - Respondeu-me.
          - "Oh Oh ! Ela a chamar-me Sara não era bom sinal..."
          - Não há nada para acreditar... O que viste foi mais uma daquelas coisas que só a mim me acontece no momento errado... - Disse sentando-me ao pé dela.
          - Óh amor fogo... eu não acredito mesmo que tu e o Rob estivessem a... okay tu sabes! Diz-me a verdade por favor... tu sabes o que aconteceu entre nós... O que aconteceu ali? - Perguntou-me corando.
          -Bé, eu era incapaz de te trair dessa maneira! Eu sei o que o Rob significa para ti, acredita, e SIM sei muito bem o que aconteceu entre vocês os dois, e por isso mesmo era incapaz de tal coisa... O Rob estava apenas a fumar, como sempre, aliás, tu sabes! E deixou cair a cinza do cigarro para cima de mim, que com a minha sorte já é bastante normal isso acontecer, ele coitado foi tentar limpar, no sítio errado eu sei, mas sabes como ele é! Também já te fez isso uma vez lembras? Então, ele estava a limpar quando tu e o Kell aparecem... Foi só isto que aconteceu juro bé... - Disse passando-lhe a mão pelo cabelo.
          - Desculpa cunhadiinha... eu amo-tee siim? - Disse sorrindo para mim.
Abracei-me a ela com o maior sorriso que consegui.
          -I love you too !!! -Disse-lhe apertando-a com força.
Estivemos assim um bom bocado abraçadas, até que a dada altura ela me afastou olhando-me com um ar "maroto".
          - Ei Dona Sara, como soubeste o que se passou com o Rob?! - Interrogou-me.
          - Então… Primeiro vi vocês os dois na cama nus, e depois o Rob acabou por confessar… E queres saber o que ele disse?!? Que para quem não tinha experiencia te saíste muito bem!! – Contei-lhe piscando-lhe o olho.
          - Eiii, 'calmex' mas ele agora anda a contar essas coisas!? - Perguntou-me corando indignada.
Dei uma gargalhada e respondi...
          -Humm sabes como eu sou curiosa, também ninguem se atreve a negar-me uma resposta... Faço o meu arzinho angelical e plim...
          - Não acho isso bem.. - Reclamou. - Não quero o meu homem a derreter-se com meninas bonitas como tu!!
Dei mais uma gargalhada...
          - "Ai aquela Ângela é demais"
          -Uii isso é muito difícil, ele está hipnotizado por ti! Nem que eu fosse uma striper profissional ele me olhava com olhos de ver... -Respondi com sinceridade
          - Shut up louca!! - Pediu-me esganiçando enquanto novamente tomava a cor de "tomate"
          -Verdade verdadinha!! Quanto á cena que o Kellan fez a bocado... Achas que o deva perdoar? -Perguntei desanimando nesta ultima pergunta...
          - Meu amor... Tu sabes que queres perdoá-lo... ele estava fora dele, logo "não conta"... - Reconfortou-me passando-me as mãos nas costas
          -Humm, mas ele tem que se controlar! Não tenho culpa que ele seja um descontrolado!!- Argumentei
          - Meu anjo, tu sabes que aquilo só aconteceu porque ele não suporta a ideia de te perder! - Disse-me num tom animado.
Mais uma gargalhada saiu disparada...                                                 
          -Andas muito cómica hoje... O Rob faz-te bem... -Provoquei
          -E prontos... - Reclamou. - Estou a falar asério! Só espero que o facto de lhe dares tanto para trás não te prejudique... Eu cá já estou "despachada" - Afirmou gargalhando.
          -Achas que isso pode acontecer? - Perguntei - Hum, mas se assim for então é porque ele não me merece! Não vou ficar com alguém que só me quer para puro entretenimento. -Afirmei revoltada ao pensar em tal coisa
          - Notasse que ele não te quer apenas para se divertir... aliás ele até ficou super feliz quando soube a tua idade!! - Comunicou-me
          -O quê? A minha idade? Não me digas que estiveram a falar de mim... – Disse-lhe espantada.
          - Não foi bem bem de ti... a tua idade é que veio à "baila"... Ele perguntou-me a minha idade e o que se tinha passado com o Rob... Quando soube ficou escandalizado! Estava a armar-se em "paizinho" ou assim... - Informou-me
       -A sério?? Ohh... O meu Kellan é tão queridooo -Disse derretendo toda...
          -“I heard my name?” (Ouvi o meu nome?) -Perguntou Kellan entrando no quarto.
          -“Yes! we're saying that you are an asshole...” (Sim! Estamos a dizer que tu és um imbecil) -Menti
          -“Actually Sara was saying how sweet you are!” (Na verdade Sara estava a dizer o tão querido que és) - Desmentiu Ângela, lancei-lhe um olhar furioso! Ela encolheu os ombros e levantou-se dizendo que ia ver como estava o Rob...
          -“So... You think I'm sweet ãh??” (Entao... Achas que sou querido ãh?) - Repetiu aproximando-se de mim...
          -“Definitely not!” (è claro que nao!) -Menti novamente
          -“Come on babe ... Sorry.” - Pediu-me abraçando-me. - And by the way how is your chest? (E por falar nisso como está o teu peito?)
E perguntando-me isto o safadão (isso! porque não tem outro nome) apalpou-me as "cof cof" sorrindo malicioso.
          -“Hey take your hand... My chest was good before you touch!!” (Eii tira a mão... O meu peito estava bem antes de tocares!!) -Reclamei afastando-lhe as mãozinhas
          -“I brought condoms...” (Trouxe preservativos...) -Disse com voz sedutora junto do meu ouvido...
          -“So what?” (E então?) -Perguntei mostrando indiferença...
          -“We have to give them some use...” (Temos que lhes dar algum uso...) -Disse descendo a sua mão das minhas costas para o meu rabo...
          -“Hummm... Seems good to me!! We can fill them, and make balloons...” (Humm... Parece-me bem! Podemos enche-los e fazer balões...) -Gozei...
 
P.V. Ângela
 
Dirigi-me à cozinha... lá estava o Rob: Sentado no sofá. Não descodifiquei a sua expressão, parecia abatido... será que a conversa com o Kellan teria corrido mal?!
Sem mais demoras sentei-me ao seu lado.
          -"Why don't you tell me?!" (Porque é que não me contas-te?!) - Perguntou fitando-me.
          -“Tell you what?!” (Contar-te o que?!) -Perguntei já desconfiada do que ele estava a falar...
          -“About age!” (Sobre a idade!) - Levantou a voz, colocando as mãos na cabeça
          -"Merdaaa! Estou lixada..." - Pensei olhando para o chão.
          -"Aquele Kellan tinha logo que ir dar com a língua nos dentes"
          -“I don't tell you because ... well, if I had told you probably will not look at me...” (Eu não te contei porque... Bem, se te tivesse contado tu provavelmente nao irias olhar para mim...) -Confessei sem desviar o olhar dos pés...
          -“Honey, that's wrong!!” (Querida, isso é errado!!) -Disse Robert, não tive coragem de o olhar para ver como ele estava...
          -"That it's what you say..." (Isso dizes tu...) - Acusei-o envergonhada e frustrada e "sei lá mais o quê".
          -Ângela, I'm not upsed with you...I'm upsed with me!! I can't be away from you... (Ângela, não estou chateado contigo... Estou chateado comigo!! Não consigo estar longe de ti...) -Confessou com uma voz derrotada...
          -“So don't do that!” (Então não faças isso!) -Pedi
          -“It's not that easy!” (Não é assim tão facil!) -Explicou.
          -“Of course it is!” (Claro que é!) - Insisti
       -“No .. It's not so easy! I can be arrested... You are under age...” (Não... Não é assim tão fácil! Eu posso ser preso... Tu és menor de idade...) - Insistiu por sua vez, suspirando.
       -“And now what you gonna do?” (E agora que vais fazer?) -Perguntei a medo…
Domingo, 24 de Janeiro de 2010

Capitulo 26 – (P.V. Robert & Kellan [Especial & Traduzido] + P.V. Sara & Ângela)

 

P.V. Robert (Especial & Traduzido)
 
Entrei de novo no quarto e encostei a porta... Ângela dormia profundamente. Ajoelhei-me ao seu lado e dei-lhe um beijinho nos lábios...
Vesti as calças, deixando os boxers no chão do quarto e fui ter com Kellan.
          -Trás aí uma t-shirt para a Sara sff! - Gritou Kellan da cozinha...
          -Ok man- Respondi.
Fui até ao roupeiro e peguei na primeira t-shirt que me apareceu.
A Ângela remexeu-se na cama ao que eu a observei... dormia serenamente com um sorriso nos lábios. Não consegui evitar rir-me e muito menos consegui abandonar o quarto sem a beijar (suavemente) de novo...
Fechei devagar a porta do quarto e dirigi-me à cozinha.
          -Aqui tens. - Informei-o atirando-lhe com a t-shirt.
          -Olha aí bruto! - Reclamou - Ei, vira-te!! - Ordenou-me.
Só porque não queria confusões virei as costas e esperei-o na varanda onde ele não tardou a aparecer.
 
P.V. Kellan (Especial & Traduzido)
 
Vesti a t-shirt à Sarocas, "deixei-lhe" um beijo fugaz nos lábios e fui ter com o Rob à varanda (onde ele me esperava).
          -Humm... Rob? Que raio vocês fazem aqui? Não era suposto só nos virem buscar daqui a dois dias? – Iniciei o “interrogatório”.
          -Nem me digas nada... Não sabes o que nos aconteceu...- Respondeu-me passando a mão pelo cabelo.
          -O quê?! O carro avariou no caminho e tiveram que vir a pé? - Ironizei...
          -Como sabes?! – Perguntou-me admirado.
          -Ah?! Quê? Aconteceu mesmo isso? - Perguntei esforçando-me para não soltar uma gargalhada.
          -Aconteceu! Não tens noção do que andámos para chegar à praia... e depois ainda passámos uma noite ao relento e sem comer!! E por falar em comer tens de ir às compras, porque não tens nada no frigorífico... - Comentou comigo.
          -Ei tenho sim! - Contestei.
          - Não.. Bem eu e a Ângela "atacámos" o teu frigorífico... - Confessou.
          - O quê!? O Frigorífico também?! Espera espera... estreiam-me a cama... roubam-me o frigorifico... e que mais?! - Perguntei (sinceramente) danado.
          -Babe? Esta a sair água por baixo da porta da casa de banho- Gritou Sara
Olhei para Robert...
          -Oh merda! - Disse ele –Esqueci-me de fechar a torneira do chuveiro!...
Inspirei e expirei lentamente e fui abrir a porta da casa de banho. A água corria para todos os lados, estava tudo inundado...
          -ROBERT!!! - Gritei furioso.
          -"Será possivel que ele me estrague tudo e todos os meus planos?!" - Reflecti ainda mais irado.
Sara apareceu com uma esfregona e começou a limpar...
          -Hey! Nem penses amor! Quem vai limpar é ele... Né Rob? - Ordenei passando-lhe a esfregona...
          -Que remédio...- Respondeu-me revirando os olhos...
          -Vamos comer? – Perguntou a Sara colocando as mãos em volta do meu braço... Sorri, o seu toque não me era (nada) indiferente.
          -Lamento babe mas aqui o ROB e a ÂNGELA comeram tudo...-Informei-a aborrecido.
A Sara suspirou.
           -Não faz mal... – Fingiu.
          -Claro que faz Sarocas, agora estás tu com fome...- Reclamei mesmo irritado.
          - O supermercado é muito longe daqui? - Perguntou-me Sara.
          - Hum.. Nem por isso... - Respondi-lhe.
Ficava a cerca de 10 minutos e tínhamos o meu carro.
          - Então eu vou pegar na Ângela e vamos as duas às compras... - Informou-nos.
          -Queres que vá contigo? -Perguntei-lhe
          -Não, vocês precisam falar...-Respondeu-me
          -Ok querida vai acordar a Ângela. A chave está na mesinha de cabeceira... ah e babe? Compra preservativos que eu não tenho...- Sussurrei ao seu ouvido.
          -Perverso, estas a pensar utiliza-los com quem? – Sussurrou-me também.
          -Com quem achas? - Perguntei mordendo-lhe a orelha.
          -Não sei, mas boa sorte com isso! - Disse ela fazendo-se de despercebida e correndo para o quarto.
          -Aquela Sara deixa-me doido! - Comentei em voz alta com o Rob que torcia a esfregona no balde...
          -Pronto! Tudo limpo...- Disse Rob cansado - Ela é difícil hem?
          -É, quanto mais ela diz que não mais vontade tenho de a ter... Oh gosh Robert... não sabes a sorte que tens! – Confessei.
          -Por acaso sei! A Ângela é... Uauuu.... - Disse Robert.
Invejei-o.
          -Conta tudo... Como foi? -Perguntei curioso
          -Foi.... -Começou por dizer Robert…
          -"Cof Cof" – Interrompeu-o Ângela.
          - Ups... chegou a "Uaauuuuu"! - Zumbei-os.
          -Olá Kellan. - Veio-me cumprimentar com a sua carinha de inocente...
          -Olá Miss Pattinson! - Provoquei-a ao que ela corou.
O Robert lançou-me um olhar ameaçador e puxou-a para ele.
          - Kellan?! Não abuses... - Pediu-me igualmente embaraçado.
          -Eu e a Ângela já voltamos... O que querem para o jantar? -Perguntou a (minha) Sarocas.
Não me apetecia nada estar longe dela... nem que fossem 10 minutos...
          -Tanto faz babe... -Respondi-lhe
          -Desde que não seja peixe!! - Disse Robert olhando para Ângela, ao que esta lhe sorriu.
 Não percebi muito bem, provavelmente era um piada privada!
          -Sim tudo menos peixe...! - Concordou a Ângela.
          - Bem sendo assim vamos andando... já vemos o que fazemos... Até já meninos! - Despediu-se de nós.
Ela fez-me sinal de adeus e fechou a porta que rapidamente voltou a abrir
          -Não posso ir ás compras de boxers !! -Disse
Começámos todos a rir
          -Upss, deixa estar que eu vou com ela Sara - Disse-lhe o Rob
          - Nem sonhes Rob! Tu ainda dás cabo do meu carro também! Eu vou com a Ângela... - Propus-lhes. Ficaram todos perplexos a olhar para mim...
          -Que foi?!? – Perguntei.
          -Nada... -Responderam-me...
          -Então bora Ângela que não quero a Sarocas com fome -Disse olhando para ela que me mostrou a língua, retribui o gesto e fechei a porta...
 
P.V. Sara
 
"Boa! O Kellan deixou-me sozinha com o Robert..."- Pensava enquanto o olhava. Ele estava sentado no sofá, tirou um cigarro e começou a fumar...
          - Cof cof... - Tossi devido ao fumo.
          -“I'm sorry...” (Desculpa) - Pediu desviando o cigarro...
          -“That's ok! So... What happened?!” (Tudo bem! Então... Que aconteceu?) - Perguntei sentando-me ao seu lado no sofá...
Rob deu-me espaço e começou a contar a sua “aventura” com a Ângela...
 
P.V. Ângela
 
          -"Kellan please slows...." (Kellan por favor abranda...) - Pedia-lhe recostada no banco...
O Kellan parecia furioso porém lá abrandou. Observei o espaço onde nos encontrávamos: claro... abrandou porque havíamos chegado.
Tirei o cinto e saí do carro... Kellan pôs a mão em cima do meu ombro e entrámos os dois numa espécie de mercearia. Toda a gente ficou a olhar-nos, ou melhor dizendo, a olhar para o Kellan...
          -"Good!" (Boa!) - Ironizei.
          -"Behave smoothly " (Comporta-te com normalidade) - Pediu-me o Kellan dando-me um cesto das compras para a mão.
          -"Hum, Kellan..." - Chamei-o ignorando a “multidão” curiosa.
          -"Yes?!" (Sim?!) - Perguntou colocando uma caixa de bifes no cesto.
          -"Why you wanted to come with me?!" (Porque é que quiseste vir comigo?!) - Perguntei-lhe intrigada.
          -"I need to talk to you..." (Eu preciso de falar contigo...) - Informou-me.
          -“About what?” (Sobre o quê?) - Perguntei... (uii o que vira dali?!)
          -"About Robert." (Sobre o Robert.) - Disse o Kellan olhando-me nos olhos enquanto punha outra palete de carne no cesto.
          -"Merda!" - Pensei corando.
          -"Hey Kellan! Sara doesn't eat meat..." (Ei Kellan! A Sara não come carne) - Informei-o enquanto tirava a carne do cesto.
Peguei em duas caixas de lasanha de carne (para mim e para os rapazes) e numa lasanha vegetariana (para a Sara).
          -"I need you to tell me what happened between you and him ...." (Eu preciso de saber o que se passou entre ti e ele...) - Disse-me
Corei de novo.
          -“You saw what happened!” (Tu viste o que aconteceu!) - Afirmei tentando desviar o olhar.
          -“So... You really f...” (Então vocês f...)
          -“Yes!!” (Sim!!) -Disse antes que ele acabasse a frase.
          -“How old are you Angela?” (Que idade tens Angela?) - Perguntou-me.
          -"Humm... idade..." – Reflecti.
          -“I make 16 this year...” (Faço 16 este ano) -Disse escondendo-me entre as caixas dos cereais...
          -“You have 15?!? Omg, Ângela that's not legal...” (Tens 15 ?!? Omd, Angela isso é ilegal) - disse chocado..
          -"Boa! Olha que novidade..."
          -“Wait !!! And my babe?” (Espera!!! E a minha babe?) -Perguntou-me como se teme-se a resposta...
          -“She's 17... Makes 18 this year too!” (Ela tem 17... Faz 18 este ano também!) -Respondi.
Kellan respirou de alivio...
          -“Yesss!!!” (Boaaaa!!!) - Gritou na parte dos congelado, deixando toda a gente a olhar para ele!!
            -"Shut up Kellan!!" - Gritei também.
Baixei a cabeça envergonhada e segui para a caixa. Kellan acompanhou-me.
A rapariguinha (coitada devia ser nova no serviço) e encantada com o Kellan estava super nervosa demorando uns 8 minutos a passar 3 caixas de lasanha, uns chocolates e umas bolachas... (ei espera falta qualquer coisa)
           -"Wait! Missing condoms!" (Espera! Faltam os preservativos!) - Gritou-me (apesar de estar ao meu lado) deixando novamente toda a gente a olhar para nós espantada...
O Kellan começou a correr a ir buscar 2 caixas de preservativos enquanto as pessoas cochichavam entre elas.
     -"Ok, now we can go!" (Ok, agora podemos ir!) - E dito isto puxou-me para fora da mercearia com os sacos da mão.
Eu apenas tive tempo de informar as pessoas
          -"No, I'm not Sarocas!!!!" (Não, eu não sou a Sarocas!!!!)
                                                                  
P.V. Sara
 
Depois de me contar a sua aventura com a Ângela ali estávamos nós: Eu, o Rob e a porra do cigarro dele... (ah esperem! E o raio da cerveja!)
          -“Sarocas, Sarocas... Tell me ! What do you think about Kellan??” (Sarocas, Sarocas… Diz-me! O que achas do Kellan??) -Perguntou-me oferecendo-me da sua cerveja...
       -"No thanks" (Não obrigado) - Recusei a cerveja. - Well... Kellan is... Hum... Is Kellan!! -Disse atrapalhada...
          -“And what do you think about Angela??” (E tu o que achas da Ângela?) - Desviei a conversa
          -“Well... Angela.... Hum... Is Angela!!” -Repetiu gozando comigo...
          -"Que raio de conversa esta..." - Pensei aborrecida.
De repente só vejo cair cinza de cigarro na minha camisola e as mãos do Rob na minha camisola, na mesma altura em que entram Ângela e Kellan...
          -WTF?!? -Gritaram em coro...

 

Capitulo 25 – (P.V. Ângela & P.V. Sara)

 

P.V. Ângela
 
Depois de um bom “assalto” ao frigorífico do Kellan, eu e Rob decidimos dar uma arrumadela à cozinha… à sala... e finalmente parámos no quarto estoirados.
          - "I need a shower..." (Eu preciso de um banho) - Informei o Rob atirando-me para cima da cama.
          -"WE need a shower..." (NÒS precisamos de um banho) - Corrigiu-me
          -“Yees ... I go first!” (Siim... Eu vou primeiro) - Disse dando um pulo da cama
          -“No way!!” (Nem pensar!!) - Disse Rob pegando-me pela cintura – “I go first!” (Eu é que vou primeiro!)
          -"OH, right ! Lady's first!" (Ah, claro! Primeiro as senhoras!) - Provoquei virando de frente para ele.
          -"Who's the lady?" (Quem é a senhora?) - Perguntou encostando os seus lábios ao meu pescoço...
          -"You are!" (És tu) - Respondi provocando.
          -"I gonna show you who's the lady..." (Eu vou mostrar-te quem é a senhora) -Disse beijando-me o pescoço e seguidamente os lábios.
          -"Oh really?! How?" (Óh asério?! Como?) - Provoquei-o de novo mas desta vez com os meus lábios no seu pescoço.
O Rob pegou em mim e levou-me para o W.C. sem deixar de me beijar... encostou-me ao chuveiro (bloqueando-me a passagem) e começou a tirar a sua roupa...
          -"What you...?" (O que é que tu...?) - Tentei perguntar, porém fui interrompida pelo seu beijo urgente.
Sem preocupações aderi ao seu beijo e coloquei as mãos em volta do seu pescoço. As mãos de Rob percorriam as minhas costas (incansavelmente). Tirei o resto da roupa e continuei a beijá-lo. Ele esticou o braço e ligou a água, que caía agora em cima de nós, fria...
          -"Cold! Cold!" (Fria! Fria!) - Gritava devido à água gelada que caía sobre nós.
          - Ups... - Proferiu dando-me um beijo rápido (mas profundo) e afastando-se de mim para regularizar a água.
Comecei a observá-lo...
          - "Uauu!!! Gozem... só podem estar a gozar... OMR!!! Ele é ainda MAIS perfeito do que eu pensava...!" - Reflectia observando as suas costas nuas... bumbum... pernas... observando toda a sua "parte de trás".
Comecei a caminhar para trás, encostando-me à parede “abanicando-me” com a mão.
          -"Porra que calor!!!" – Reflecti novamente (a custo).
Ele virou-se rapidamente de frente para mim e eu só tive tempo de abafar um gritinho histérico.
Robert voltou a envolver-me com as mãos e começou a beijar as minhas "Boobs", ao qual eu delirei. As suas mãos foram descendo até ao meu “bumbum”, apertando-o com força (ao que eu me controlei para não dar um pulinho!). As minhas mãos foram também ao encontro do seu rabiosque... (Ângela, a afoita). Ele sorriu e encostou o seu "cof cof" á minha "cof cof" (safado)!
          -“Wooow, wooow, wooow!” – Única coisa que me vinha à cabeça.
Beijou-me e segurou nas minhas pernas (interrompendo os meus pensamentos), levantando-me. Saímos do chuveiro e fomos para o quarto (molhando o chão todo que outrora havíamos limpo)... Rob pousou-me na cama e deitou-se em cima de mim. Entrelacei as pernas à volta da sua cintura (era assim que os livros e filmes descreviam, correcto?!) e ele sorriu-me perversamente. Passou dos meus lábios para o pescoço, desceu para a minha barriga passando pelo meu peito (onde deu uma dentadinha no meu mamilo ao que eu me arrepiei).
Afastei-o e deitei-o na cama, sentei-me em cima dele e percorri as mãos pelo seu tronco... O Robert estava selvático... nunca o pensei ver assim! (Okay okay, pensei! Mas não "assim!") As suas mãos apertavam cada pedaço do meu corpo (sem dó nem piedade) … parecia urgente e exasperado.
Se há pouco tempo estava calma agora vários pensamentos me invadiam enquanto era “lambuzada” por Rob: Insegurança… Falta de Preservativo… Virgindade!
          - “Tenho de parar antes que seja tarde…” – Pensei saindo de cima dele.
          -“Why you stop!?” (Porque paraste?!) – Perguntou-me confuso.
          - “Because… Well, first we don’t have condoms and second I don’t know how to...” (Bem, primeiro não temos preservativo e segundo eu não sei fazer...) – Afirmei corando.
          -“You don’t know how to ?!” (Não sabes fazer?!) – Perguntou confuso.
          - “Well… Hum… I’m virgin…” (Bem…Hum… Eu sou virgem) – Confessei envergonhada.
Ele fitou-me admirado e sentou-se ao meu lado.
          -“M**** já fiz m****!!” – Pensei frustrada ao que deixei escapar umas lágrimas.
          -“Hey… What's the problem sweet?!” (Ei… Qual é o problema querida?!) – Perguntou-me num tom meigo enquanto me limpava as lágrimas teimosas… Parece que o Rob-Selvagem se tinha ido embora… - “I help you!” (Eu ajudo-te!) – Prometeu-me.
Deitou-me novamente na cama entre beijos, bastante mais meigo e carinhoso.
          -“And you don’t care?!” (E tu não te importas?!) – Perguntei insegura.
          -“No, nothing. Now, please relax babe…” (Não, nada. Agora por favor relaxa babe…) – Pediu-me, deixando-me bastante mais segura.
          -“I trust you.” (Eu confio em ti.) – Assegurei-lhe enquanto aproximava os meus lábios dos seus.
Ele esboçou um (doce) sorriso e beijou-me como jamais o fizera antes… um beijo demorado, onde a sua boca explorou a minha sem pudores. Voltou a afastar o seu corpo do meu para me olhar com malícia (como se os olhos me devorassem) ao que eu o puxei para mim de novo e juntei o seu corpo (novamente) ao meu.
O contacto tornava-se cada vez mais íntimo… eu já podia sentir o seu “membro” pressionado na minha barriga… Aquilo começava mesmo a “incomodar” ao que eu entrelacei as pernas na sua cintura. Ele sorriu de novo (que Rob sorridente), beijou-me a testa e tirou um preservativo do bolso. Colocou-o no devido sitio e proferiu baixinho algo que eu não esperava ouvir…
          -“I love you…” (Eu amo-te…) – E em seguida beijou-me delicadamente e começou a penetrar-me devagar…

P.V. Sara
 
          -“Kellan let's go home... I'm hungry...” (Kellan vamos para casa... Tenho fome) - Disse no colo do Kellan enquanto ele me fazia coceguinhas com o cabelo no meu peito...
          -“Ok babe, I'm hungry too! You don't let me eat...” (Ok babe, também tenho fome! Tu não me deixas comer...) - Concordou mandando a sua piadinha típica.
          -“I told you! I'm not food!” (Já te disse! Eu não sou comida!) - Reclamei
          -“I disagree, you are a candy!!” (Discordo, tu és um bombom) -Disse mordendo o meu lábio.
          -Graxista! – Exclamei.
          -“What?” (O que?) Perguntou Kellan sem entender o Português...
          -“Nothing, nothing...” (Nada, nada) - Desviei a conversa.
            -"Okay..." - Proferiu e levantou-nos.
Retomámos a nossa caminhada para casa entre brincadeiras e carinhos, à qual rapidamente chegámos.
Abrimos a porta da cabana e qual o nosso espanto quando vemos tudo arrumadinho...
          -"WTF!?" - Exclamou o Kellan admiradissimo com o "Antes" e com o "Depois"...
          -"OMG! What's happening!?" (OMD! O que está a acontecer!?) - Perguntei também super admirada e fechando a porta de entrada.
          -“It seems the story of the "Snow white and the seven dwarfs" ... Maybe we have a girl in our room...” (Parece a historia da "Branca de neve e os sete anões"... Talvez tenhamos uma rapariga no nosso quarto...) - Ironizou Kellan
          -“You wish...” (Isso querias tu) - Disse dando-lhe uma palmada
          -“Only if the girl was you...” (Só se a rapariga fosses tu) - Prometeu apalpando-me o rabiosque...
          -“Yeah right, let's see, maybe you're lucky!” (Pois claro, vamos ver, pode ser que estejas com sorte!) - Disse dando-lhe a mão.
Fomos andando até ao quarto, vimos pegadas de água no chão e apertei com força a mão ao Kellan, assustada...
          -"Calm down babe!" (Tem calma babe!) - Disse-me apertando-me contra si.
Suspirei e iniciei a contagem...
          - 1...2...
          - 3! - Sussurrou o Kellan ao mesmo tempo que abriu a porta do quarto
A nossa reacção foi abrir a boca e voltar a fechar a porta... olhámos um para o outro e fomos sentar-nos no sofá da cozinha...
          -“Wait !! Wtf was that?” (Espera!! Que raio foi isto?) - Perguntou-me Kellan
          - Rob and Angela!? - Perguntei admirada.
          -“What a lucky guy!” (Que rapaz sortudo!) - Invejou Kellan...
          -“What are they doing here?” (O que eles estão aqui a fazer?) -Perguntei tentando perceber.
          -"Debuting OUR bed!" (A estrear a NOSSA cama!) - Reclamou o Kellan
          -“Don't worry, we still have the sofa!” (Não te preocupes, ainda temos o sofá!)
       -"Not the same!" (Não é o mesmo!) - Disse aborrecido. - "I wake them!" (Vou acordá-los!)
          -“Hey! No! Stay here, whit me...” (Ei! Não! fica aqui, comigo...) - Disse agarrando-lhe no seu braço musculado.
Kellan olhou para mim admirado com a minha repentina "safadice" e, olhando-me de alto a baixo, pegou em mim e beijou-me desesperadamente, enrolando a sua língua na minha, deitou-me no sofá e ouvimos a porta do quarto do Kellan abrir...
Imobilizamos os dois encolhidos no sofá para que não nos vissem (Estávamos apenas de cuecas)...
          -Kellan?! - Perguntou Rob ao ver-lhe os pés que tinham ficado de fora do sofá.
Kellan levantou a cabeça ficando somente ela visivel.
          -"Yes, Mr. Playboy?!" (Sim, Sr. Playboy?!) - Ironizou Kellan chateado.
Espreitei também e vi a cabeça de Rob, o peito de Rob, a barriga do Rob, e... a mão do Kellan !!
          -"OMG!!! What you doing Robert Pattinson!?" - Perguntei chocada.
Robert espreitou também para o sofá...
          -“The same for you Sara... and Kellan!!!” (O mesmo para ti Sara... e Kellan!!!) - Exclamou Robert
Kellan encostou-me mais a si, tapando as minhas “boobs”.
       -"But we are in our house!!!!" (Mas nós estamos na nossa casa!!!) - Exclamou o Kellan mais alto.
       -"And what does it matter?" (E o que é que isso interessa?) - Perguntou Rob indiferente.
-"We need to have a conversation! A serious conversation Rob!" (Nós precisamos de ter uma conversa! Uma conversa séria Rob!) - Avisou-lhe o Kellan num tom nada amigável.
          -“Ok, talk...” (Ok, fala) - Disse Rob
          -“Rob?!? Come on! put some clothe on and then we got talk outside!” (Rob?!? Vá lá! Veste alguma roupa e depois vamos falar lá para fora!) - Disse o (MEU) Kellan...
          -Ok, ok... - Disse o Rob e preparava-se para dirigir ao quarto mas eu interrompi-o.
          -"Hey Rob... where is Ângela?!" (Ei Rob... Onde está a Ângela?!) - Perguntei
          -"In bedroom sleeping..." (No quarto a dormir...) - Respondeu-me e dirigiu-se ao quarto para se vestir.
 

 

(Foto nova no "Álbum de Viagem": http://pt.fotoalbum.eu/SarAngela/)

 

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

Capitulo 24 – (P.V. Ângela & P.V. Sara)

 

P.V. Ângela
 
          - "Got it! Got it!" (Consegui! Consegui!) - Gritava o Rob contente por ter conseguido apanhar (nada mais nada menos que) um peixe.
          - "Good!" (Boa!) - Felicitei-o enquanto repousava o pé na areia...
          -"Your luck is that I don't really like fish! Otherwise, you would be dismissed already." (A tua sorte é que eu não gosto muito de peixe caso contrário já estavas despedido.) - Zumbei-o.
          -“Hey I catch one ok? I'm not a professional fisherman!!” (Ei eu apanhei um ok? Eu não sou nenhum pescador profissional!!) - Defendeu-se
          -"Not even close!" (Nem perto!) - Voltei a gozá-lo.
Robert trouxe o peixe para perto de mim.
          -"Humm... Eu obviamente não vou comer aquilo" - Reflectia enquanto olhava para o peixito aflito que saltitava nas mãos de Rob...
          -“OMG Rob I can't eat that!” (OMD Rob eu não posso comer isso!) - Disse afastando-o com a mão...
          -“What? Now you are a vegan?” (O quê? Agora és vegetariana?) - Perguntou irónicamente.
          -“No! But... Come on? Look at him! No way!” (Não! Mas... Então? Olha para ele! Nem pensar!) - Apelei à pena que sentia pelo animalzinho...
          -“Whatever... I eat him!” (Como queiras... Eu como!) - Disse Rob indiferente...
          -“Ok, if you eat that little fish you don't kiss me again... I don't want that smell in my mouth!” (Ok, se comeres esse peixinho não me voltas a beijar... Não quero esse sabor na minha boca!) - Chantageei.
          -“Sure that I kiss!!” (Claro que beijo!!) – Assegurou-me.
          -“Try!!” (Experimenta!!) - Ameacei.
Robert suspirou (desistindo)...
          -“I couldn't eat it any way...” (Não o conseguia comer de qualquer maneira...) - Disse largando o peixinho novamente na água.
Aproximei-me dele e pus as mãos em volta do seu pescoço...
          -“Let's find another thing to eat…” (Vamos procurar outra coisa para comer…) – Propus-lhe.
O Rob consentiu e beijou-me, envolvendo a minha cintura com as suas mãos.
Fomos então andando ao longo da praia... Chegamos até a umas rochas que bloqueavam uma passagem qualquer… Provavelmente outra praia! Curiosos (como somos), trepámos as rochas e passámos para o outro lado… era uma outra praia.
          -“What's that?” (O que é aquilo?) – Perguntou-me Rob apontando para...
          -“A HUT??” (Uma CABANA??) - Exclamei surpresa ao ver uma pequena cabana ao longe...
          -“Yes!!! Are Kellan and Sara!” (Sim!!! São o Kellan e a Sara!) -Concluiu Rob abraçando-se a mim. – “We are save!!!” (Estamos salvos!!!)
          -“OMG I can't belive!!” (OMG nem acredito!!) - Disse dando (estúpidos) pulinhos de felicidade.
Começámos então a correr a toda a velocidade até à cabanita e, sem bater a porta entrámos repentinamente.
No interior da casa o (anterior) cenário paradisíaco era agora substituído pelo da imundice… a casa estava uma confusão! Tomate espalhado, loiça desarrumada, pacotes de batatas fritas vazios no sofá, toalhas penduradas na porta da casa de banho... Uma balbúrdia!
          -“Were are they?” (Onde estão eles?) -Perguntou Rob olhando em volta...
Após “patrulhar” toda a casa dirigimo-nos até ao único quarto da cabana na esperança de encontrá-los… Porém, nada de Sara e Kellan.
P.V. Sara
                  
          -“I'm tired!” (Estou cansada!)-Reclamei diminuindo a velocidade da corrida...
          -“Come on babe, we don't run nothing!” (Vá lá babe, não corremos nada!) - Reclamou
          -“I don't have your muscles!!” (Eu não tenho os teus músculos!!) - Tratei de o informar...
          -“Fortunately!” (Felizmente!) - Disse desacelerando também...
          -“Enough!” (Basta!) - Disse sentando-me na areia junto à água.
Kellan parou e sentou-se a meu lado.
          -“Weaker...” (Fraquinha...) -Disse dando-me um encosto.
          -“I'm strong enough!” (Sou forte o suficiente!) -Disse dando-lhe também um encostozinho.
Ele em resposta deu-me um encosto com mais força e eu comecei a rebolar pela areia até parar na água!
          -“Babe sorry!! You said you were strong!!” - (Babe desculpa!! Tu disses-te que eras forte!!) - Argumentou enquanto corria atrás de mim...
Saí da água toda molhada e furiosa.
O Kellan veio ter comigo e eu agarrei-me a ele para o molhar também...
          -“Ahhh you're cold!” (Ahhh estás fria) - Queixou-se Kellan do meu abraço... -“It's your fault!” (È culpa tua!) -Reclamei metendo a mão debaixo da sua t-shirt...
Ele estremeceu ao meu toque gelado e caímos ambos dentro da água...
Começámos a rir sonoramente. O Kellan tirou a sua t-shirt e lançou-a para a areia. Aproximou-se de mim e tirou também a minha, (que muito sinceramente, não estava a fazer nada pois estava transparente...) pegou-me ao colo e beijou-me. O frio passou… estava agora bastante quente!
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

Capitulo 23 – (P.V. Ângela & P.V. Sara)

 

P.V. Ângela
 
            -"Rob... I need sleep. I'm tired!" (Rob... Eu preciso de dormir. Estou cansada.) - Informei-o "acabando" com os beijos e carinhos que nos “acompanhavam” já há algum tempo.
          -“Not now!” (Agora não!) - Disse ele continuando o que eu tinha interrompido...
          -“Yes, now! Good night! Tomorrow we continuous...” (Sim, agora! Boa noite! Amanhã continuamos...) - Prometi rastejando pela areia para apanhar as minhas roupas.
          -Ohh...- Lamentou Rob. – “Ok honey, come here! Sleep here with me!” (Ok querida, anda cá! Dorme aqui comigo!) – Pediu enquanto eu me vestia.
 Deitei-me ao seu lado e acabei por adormecer (estafada) com ele a mexer no meu cabelo...  
 
*
 
Depois de uma noite gelada e interminável acordei nos braços do (meu) Robert. O Sol brilhava bem alto e super quente.
          -“Good morning Ângela!! How did you sleep?” (Bom dia Ângela!! Como é que dormiste?) - Perguntou-me Rob entusiasmado presenteando-me com um beijinho nos lábios.
          -“Hey! Good morning... Good and you?” (Hey! Bom dia... Bem e tu?) - Perguntei contemplando os seus (lindos) olhos bastante próximos dos meus...
          -“Better impossible!” (Melhor impossível!) -Respondeu-me com um perfeito sorriso matinal.
          -“What exaggerated...” (Que exagerado...) – Brinquei.
          -“Already start?” (Já começas?) - Perguntou tentando parecer irritado...
          -“It's thuth!” (È verdade!) - Respondi
Ele colocou as suas mãos na minha cintura e sussurrou ao meu ouvido…:
          -“I dream with you!” (Sonhei contigo!)
          -“What was the dream?” (Qual foi o sonho?) - Perguntei curiosa.
          -“Can I show you?” (Posso mostrar-te?) - Pediu com um sorriso nada inocente.
          -"Diz que sim, diz que sim, diz que sim..."-  Repetia (suplicante) para mim mesma.
            -“No!! Hum… Later... now we have to fish! Remember?” - (Não!! Hum... Mais tarde... Agora temos que pescar! lembras?) – Interrompi (sonoramente) os meus pensamentos receando o hálito matinal que poderia possuir. (Inexperiente nisto, que querem!?)
Robert lamentou mas lá se levantou, ajudando-me...
          -“So!! First thing we need…?” (Então!! Primeira coisa que precisamos…?) -Perguntou-me pronto para trabalhar...
          -“We need a spear!” (Precisamos de uma lança!) - Lembrei-lhe
          -“Ok, let's look for a stick…” (Ok, vamos procurar um pau…) - Afirmou olhando em volta.
Olhei em volta também e...
          -" Hey look! Two sticks!" (Ei olha! Dois paus!) - Disse correndo para ir buscá-los assim que os visualizei.
          -"Dia de Sorte?! Talvez..." - Pensei animada.
          -“Let me see!” (Deixa-me ver!) - Gritou Rob do outro lado da praia.
Corri até ele mostrando-os.
     -“Great! And now?” (Boa! E agora?) - Perguntou aprovando-os...
 
          -“Now we have to do a spear from those stiks!” (Agora temos que fazer uma lança destes paus!)- Expliquei.
Depois de alguns minutos conseguimos fazer lanças bicudas com a ajuda de uma pedra e fomos para a água tentar pescar!!
          -“I can't do this...” (Não consigo fazer isto...) - Resmungou Rob já farto de tentar apanhar (pelo menos um) peixe.
          -“I teach you!! You have to point to the fish and throw quickly!!” (Eu ensino-te!! Tens que apontar para o peixe e atirar rapidamente!!) - Expliquei...
          -“How you know those things? You are a fisherman daughter?” (Como sabes estas coisas? Ès filha de pescador?) - Perguntou admirado com as minhas capacidades.
          -“No, I learn from "Sims2"!” (Não, eu aprendi nos "Sims2") - Disse descontraída...
          -Oh, ok... – Disse Robert enquanto gargalhava.
Robert tentou então pôr em prática as minhas explicações.
          -“NOW!!” (AGORA!!) - Gritei vendo um peixe.
Rob assustou-se com o meu grito e lançou a lança que (e como já era habitual) foi embater no meu (desgraçado) pé!
       -“AAAUUU!” - Queixei-me coxeando dentro de água.
       -“Tive "sorte" que foi só de raspão!!" - Reflecti furiosa
          -“OMG I'm sorry! You have an imam in your foot? All that's bad your foot attracts!” (OMG desculpa! Tens um imane no teu pé? Tudo o que é mau ele atrai!) -Disse Rob ajudando-me a sair da água.
          -“Yes, I think it’s possible!!” (Sim, acho que é possível!!) – Concordei ironicamente.
 
P.V. Sara
 
Era de manhã… Acordei de um sonho lindo...
Estava na cama com a parte de cima de um pijama do kellan e boxers. Este, dormia sossegado junto ao meu peito...
           - "Não devia ser o contrário?" – Concluía.
Deixei-me estar quietinha e comecei a pensar na noite passada: De como tinha adormecido… eu e o Kellan a ver filmes... a comer batatas fritas...
Dei uma gargalhada quando me lembrei da cara do Kellan engasgado com uma batata e ele acordou.
          -“Babe?” - Disse baixinho aconchegando-se a mim...
          -“Good morning!” (Bom dia!) - Disse no mesmo tom.
Ele levantou a cabeça do meu peito e esticou os lábios para que lhe desse um beijinho.
          -“Lazy...” (Preguiçoso...) - Disse dando-lhe um kiss naqueles seus irresistíveis lábios grossos...
          -“You want to go running with me?” (Quer vir correr comigo?) -Perguntou-me enquanto me dava beijinhos curtos no pescoço...
          -“Of course! I don't wanna stay here alone!” (Claro! Não quero estar aqui sozinha) - Disse imaginando-me ali sozinha com aranhas por todo o lado... Arrepiei com tal pensamento...
          -“You have cold?” (Tens frio?) - Perguntou ao ver a minha pele de galinha.
          -“No... You have to give me clothe!” - (Não... Tens que me dar roupa!) - Disse lembrando-me do que iria vestir...
          -“Yeah... Well... You have to use mine...” (Sim... Bem... Tens que usar a minha...) – Disse… (Será que ele me achava do tamanho dele? Hello?!? as suas roupas ficavam-me gigantes...)
Suspirei...
          -“Fine!” ('Tá bem...) - Aceitei... (Não tinha outra escolha!!)
Publicado por SarAngela às 23:28
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

Capitulo 22 - (P.V. Ângela & P.V. Sara)

 

P.V. Ângela
 
          - "WTF!? Nua!? A mergulhar nua!?" - Pensava "assustada" (ou lá o que era aquele sentimento não-muito-agradável)
          -"I'm waiting!" (Eu estou à espera!) - Disse o Robert com um ar perverso e divertido acomodando-se na areia.
          -“Do you think I’m gonna do that with this cold?” (Achas que vou fazer isso com este frio?) “You wanna see me like an ice cube?” (Queres ver-me em cubo de gelo?) - Perguntei dramatizando.
          -“Humm... You're right! But i have to punish you !! You don't want to do what I’m asking...” (Humm... Tens razão! Mas vou ter que te castigar!! Tu não queres fazer o que te ordenei...) - Disse divertido...
            -"Mau... Suspanse não!" - Pensei... - "Come on Robert ... develop!" (Vá lá Robert... Desenvolve!) - Pedi-lhe.
            -"Relax... I need to make the right "choice". (Relax... Eu preciso de fazer a "escolha" certa.) - Disse-me atrevido.
            -"If you takes a lot, I go to sleep!" (Se demoras muito, eu vou dormir!) - "Ameaçei-o" tentando que ele acabasse com o suspanse (irritante).
          -"Ok, ok... I dare you to kiss my belly" (Ok, ok... Eu mando-te beijar a minha barriga" – Ordenou-me passando o dedo pela sua barriga lisinha...
          -"Aquilo era suposto ser um castigo?! Pff Robert então?!"- Reflecti desiludida com a sua falta de originalidade...
          -“Ok that's easy!” (Ok, isso é fácil)- Afirmei aproximando-me dele.
Rob encostou-se para trás e eu dei-lhe um beijinho (com todo o gosto) na sua barriga... Ele pegou-me no queixo e levantou-me a cara para si...
          -“Dare!” (Consequência) – Escolheu sem que eu tivesse que lhe perguntar.
          -“Kiss me!” (Beija-me) - Pedi.
          -“Ok that's easy!” (Ok, isso é facil) - Repetiu tal como lhe tinha dito outrora, e beijou-me.
 
P.V. Sara
 
          -“Heyy!” - Gritei ofegante devido aquele beijo de cortar a respiração...
          -“I’m sorry I didn't resist...” (Desculpa não resisti...) - Desculpou-se Kellan largando-me.
          -“Hey you can't see me without clothes. Not before the wedding!” (Hey não me podes ver sem roupa. Não antes do casamento!) - Zumbei.
Ele deu uma gargalhada...
          -“So it's better you not show up in front of me without it...” (Então é melhor não apareceres a minha frente sem ela...) - Avisou-me!
          -"Upss tinha deixado cair a manta que me tapava pelo caminho"
Ele deu uma gargalhada...
          -“Oh, I’m sorry for that! You scared me with your scream!” (Ah, desculpa por isso! Assustaste-me com o grito!) - Ironizei.
Ele deu uns risinhos e voltou-me a encostar a si...
          -"Este rapaz anda com falta..." - Pensei enquanto o tentava afastar...
          -“Kellan?!? Come on... Calm down!” - (Kellan ?!? Vá lá... Acalma-te!) - Disse saindo do chuveiro.
Peguei numa toalha e enrolei-me a ela saindo da casa de banho.
Sentei-me à lareira a tentar aquecer!
          -"E agora? Não tenho roupa... Não tenho os meus cremes... RGGGG!! Ah espera! Tenho o Kellan!" - Acabei por concluir mais calma...
Senti um leve toque nas costas e relaxei...
          - "Humm Kellan..." – Pensava deliciada enquanto sentia aquela suavidade dos seus dedos...
          - “SARA DON'T MOVE!!!” - Gritou Kellan.
          - "Estranho... a voz dele parecia mais distante..." - Olhei para trás e vi Kellan junto á porta da casa de banho...
          - "Se ele está ali... então quem é que me esta a fazer festinhas nas costas...?!"
Olhei para o Kellan que me olhava horrorizado...
          -“It’s a spider isn't?” (È uma aranha não é?) - Perguntei fazendo uma pausa em cada sílaba que dizia.
Ele assentiu com cabeça e eu desmaiei...
          -“Baby?? Please wake up!!!” - (Baby?? Por favor acorda!!!) - Senti umas leves pancadas na cara e ouvi a voz preocupada do Kellan.
          -“Kellan?! Don't let her kill me!” (Kellan não a deixes matar-me!) - Disse, acordando num sobressalto...
          -“Don't worry! She's dead... I promise...” (Não te preocupes! Ela está morta...Prometo...) - Sossegou-me.
          -“I hate spiders...” (Odeio aranhas) - Afirmei franzindo a testa...
          -“I've noticed...” (Já reparei) - Disse Kellan beijando-me.
Eu estava agora no sofá, ainda com (apenas) a toalha a envolver-me…
 
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

Capitulo 21 - (P.V. Ângela & P.V. Sara)

 

P.V. Ângela
 
O jogo estava a ser interessante, ambos estávamos apenas em roupa interior quando ouvimos um grito distante…
           -“Wtf was that?” (Que raio foi isto?) – Perguntou Rob levantando-se sobressaltado…
Juntei-me a ele e começámos a olhar para todos os lados, assustados.
          -“Was somebody screaming…” (Foi alguém a gritar…) – Disse.
          -“Yes… but where?” (Sim… mas onde ?) – Perguntou-se.
          -“I think was that side of the beach…” (Penso que foi daquele lado da praia) - Disse apontando para a esquerda…
Robert pegou na minha mão e fomos espreitar. Nada vendo, voltámos para trás e sentámo-nos junto da fogueira, confusos.
          -“Forget it!” (Esquece!) – Disse – “Lets continuous…” (Vamos continuar…).
          - “Ok, it’s my turn! Truth or dare?” (Ok, é a minha vez! Verdade ou consequência?) – Perguntei
          -“Truth!” (Verdade!) – Escolheu.
          -“It's true that you have committed sexual crazy things?” (É verdade que tu já cometeste loucuras sexuais?) - Perguntei
          - “Yes” - (Sim) - Afirmou Rob com um sorriso perverso depois de uns segundos a pensar...
          -“How and with who!?” (Quais e com quem?!) - Perguntei curiosa.
          -“Hey It's my turn! Truth or dare?”(Eii é a minha vez! Verdade ou consequência?)- Perguntou.
          - "Que lata, que lata, que lata!!! Logo agora que a conversa estava a ficar do meu agrado!" - Pensei irritada.
          -“Truth or Dare?” (Verdade ou consequência!?) - Voltou a perguntar-me.
          -“Humm... Dare!” - Escolhi com algum receio... já não tinha muita mais roupa para tirar!
Rob olhou-me de alto a baixo com um sorriso perverso...
          -“What?” (O quê?) - Perguntei assustada.
          -“I dare you to diving naked!” (Ordeno-te a mergulhar nua) -Disse com olhar provocante.
 
P.V. Sara
 
          -AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!
          -Uma ARANHAAA !!!!!!!!!!!! AHHH KELLAN! - Gritei histérica quando vi uma aranha gigantesca no duche ao meu lado... ("aranha-fóbica" eu)
Kellan entrou no W.C. a correr e paralisou quando me viu...
          -“Kellan?!??! Spider!!” - (Kellan?!??! aranha !!) - Gaguejei aterrorizada
Este continuava imóvel a olhar para mim...
          - “OMG, do you wanna kill me? DO SOMETHING!!” (OMD queres matar-me? FAZ ALGUMA COISA!!)- Gritei ainda debaixo do chuveiro com lágrimas a cairem... (Acreditem, eu odeio mesmo aranhas)
Kellan reagiu e entrou no chuveiro, pegou-me ao colo e levou-me para a cozinha-sala. Sentou-me no sofá e enrolou-me com uma manta fininha que estava lá.
          -“Are you ok?” (Estás bem?) - Perguntou-me limpando-me a cara.
Eu tremia...
          -“NO ... The spider... She still there...” (NÃO...A aranha...Ela continua lá...) - Disse atrapalhada
          -“Hey, don't worry ! I kill her...” (Ei não te preocupes ! Eu mato-a...) - Reconfortou-me e voltou para a casa de banho para a matar...
Mais calma comecei a reflectir no que me acontecera.
Ponto da situação: Sara no duche+Aranha = a Sara aterrorizada sem roupa + Kellan no W.C. = A Sara aterrorizada a dobrar...
Acalmei-me um pouco e a respiração acalmou também... porém quando o Kellan apareceu de repente voltou a acelarar: Ele havia tirado o avental de novo!
          -Ready!! It’s dead... (Pronto!! Está morta...) - Disse nu como se nada fosse...
          -“Kellan?!? Come on... put some clothe on!” (Kellan?!? Vá lá... veste alguma roupa!) - Pedi-lhe.
          -“No way! You are the only one who can?” (Nem pensar! Só tu é que podes?) - Perguntou indignado...
           -"Que lata" - Pensei.
          -“Shut up... Go take a shower...” (Cala-te... Vai tomar banho...) - Respondi
          -“Only if you come with me...” (Só se vieres comigo...) -Propôs
          -“HAHAHA You don't want nothing more?” (HAHAHA Não queres mais nada?) - Perguntei sarcástica !
          -“No! Just that...” (Não só isso...) – Prometeu.
Revirei os olhos e ele lá foi, desanimado…
Acendi a televisão e preparei-me para esperar... Na TV apenas passavam noticiários, para pouca sorte minha. Estava a ver uma notícia qualquer sobre Portugal quando fui interrompida por um horripilante grito do Kellan.
Corri para ele (deixando cair a mantinha pelo caminho) e entrei de rompante pela casa de banho dentro abrindo a portinha do duche.
          -“What?” (Quê?) - Perguntei aflita.
O Kellan nem me deixou falar e puxou-me para dentro do chuveiro. Encostou-me a parede, juntou o seu corpo ao meu e beijou-me impiedosamente.
Domingo, 17 de Janeiro de 2010

Capitulo 20 - (P.V. Ângela & P.V. Sara)

 

P.V. Ângela
 
O Sol começou a desaparecer, e com ele, a minha dor do pé também.
          - "Finalmente" - Pensei aliviada.
O Robert continuava a queixar-se a respeito daquela situação. Eu ainda não tinha raciocinado muito bem, (também com o Rob ao lado quem raciocina?) Pus-me a reflectir na situação em que estava para tentar perceber a razão de nervosismo do Rob.
Ponto da situação: Eu+Rob+sozinhos+perdidos numa praia deserta = a sonho da Ângela...
Ok, não conseguia perceber! Tudo o que eu conseguia ver era aspectos positivos! (E bem positivos)
Finalmente Rob parou com as suas lamúrias e veio juntar-se a mim, que estava sentada na areia à espera que ele tomasse alguma decisão...
          -"Hi" (Olá) - Proferi acanhadamente.
          -“So, it seems that we have to spend the night here.” (Então, parece que vamos ter que passar aqui a noite.)- Disse Rob já mais calmo...
          -“Yes...” (Sim...) “but, it’s soooo cold!!” (mas, está tantoooo frio!!) -Disse esfregando as mãos nos braços gelados...
          -“The cold it’s the less important! I heat you... The worst is the hunger...”(O frio é o menos importante! Eu aqueço-te... O pior é a fome...)- Queixou-se Robert.
          -“The hunger? Hum...” – Reflecti alto.
          -"Podes-me comer também" - Pensei depravadamente.
          -“You know how to fish?” (Hum... Tu sabes pescar?) – Perguntei.
          -“Fish ãh? Well, no, but I can try!” (Pescar ãh? Bem, não, mas posso tentar)- Disse com um sorriso angelical.
          -“Great! Then let's make a fire...” (Boa! Então vamos fazer uma fogueira...) - Sugeri entusiasmada.
          -“Ok, ok! We have to find some sticks! For the fire and for the fishing rod...” (Ok, ok! Vamos ter que procurar alguns paus! Para a fogueira e para a cana de pesca...) - Dito isto, ajudou-me a levantar e fomos então à procura de alguns paus pela zona...
O escuro não ajudava e como tal fartamo-nos de tropeçar e cair, porém aquilo era uma diversão e ambos riamos. Amontoámos os pauzinhos na praia e estivemos meia hora a tentar fazer fogo à maneira antiga, raspando a madeira numa pedra e, quando aquilo começou a deitar faíscas, o Rob lembrou-se que tinha um isqueiro. (Culpem-no a ele! eu tinha o pé picado...)
A fogueirita estava... bem... deitava calor! Isso era o importante!
De noite não podíamos pescar… E por isso decidimos ir à procura de caranguejos, o que também não foi boa ideia porque não vimos nenhum! Tivemos então a brilhante ideia de subir a uma palmeira para comer coco e beber a sua água.
          - “For the left, left...” (Para a esquerda, esquerda...) - Gritava em cima de Rob com um pau gigante na mão para tentar bater nos cocos...
          -“Ok babe, beat it hard!!” (Ok babe, dá-lhe com força) - Gritava Rob tentando manter o equilíbrio
          -1...2...3...PAHHH!- Falhei.
          -“Again Ângela... focus!!” (Outra vez Ângela...Concentra!!) - Encorajou-me
          -1......2..... and... PAHHH.... - Caiu um coco redondinho no chão!
          -WOUUU!! “One more babe!!” (Mais um babe!!) - Voltou a encorajar-me....
Peguei no pau com força, e voltei a contar.
          -1...2... And... PAHHH BOUMMM CRUSHH! - Caímos os 4 redondinhos no chão: Eu, o Rob, o pau, e mais um coco.
          -“I think that's enough...” (Penso que já chega…) - Disse saindo de cima do Rob.
          -“You think well...” (Pensas bem...) – Concordou exausto.
          - “Não sei como, mas nem o pau nem o coco caíram em cima de mim! Uffa... pelo menos isso!”
Próximo desafio?: Abrir os cocos sem partir ou torcer algum osso do nosso corpo. (Ia ser difícil)
Levantámo-nos (novamente) do chão e sentámo-nos ao pé da fogueira...
          - "Heat... so good!" (Calor... Tão bom!) - Comentei maravilhada com o calor que a fogueira emanava.
          -“Good are those coconut's, after we open it!” (Bons são estes cocos, depois de os abrirmos) - Dizia Robert enquanto olhava para os cocos e pensava numa maneira de os abrir.
          -“After YOU oppen it!!” (Depois de TU os abrires!) - Corrigi.
          -“Why? You don't have the strength to do it?” (Porque? Tu não tens força para abri-los?) - perguntou apalpando-me o musculo do braço...
Não estando à espera daquele toque, dei uma cotovelada acertei num dos cocos, que começou a rebolar pela areia e foi ter á agua...
          - Ups! - Proferi envergonhada
          -"Okay aquilo nao fazia parte dos meus planos!" - Reflecti enquanto corava.
Robert levantou-se e ainda tentou correr atrás do nosso "tesouro"! Porem já foi tarde! O coco já se encontrava a boiar entre as ondas...
          -"What did you do!?" (O que fizeste?) - Perguntou-me furioso.
          -"I... hum... I... The fault was yours!" (Eu... hum... eu... A culpa foi tua!) - Acusei-o
          -“Mine?!?” (Minha?!?) - Perguntou levantando a voz.
          -“Yes!! You scared me with you touch!” (Sim!! Assustaste-me com o teu toque!)- Disse levantando também a voz...
Ele suspirou...
          -"That's ok! we still have one..." (Não faz mal! Nós ainda temos um...) - Disse, acalmando-se.
          -Yes! We have! (Sim, pois temos)- Confirmei acalmando-me também....
Olhámos os dois para o coco, como que instintivamente...
          -WTF ????!!!!- Gritou Rob quando viu um pequeno esquilo a roubar o coco.
Não resisti em dar uma gargalhada...
          -Ângela?? Get it!!” (Ângela?? Apanha-o!!)- Ordenou Robert.
O esquilo passou por mim a correr mas logo se escondeu na vegetação....
          -“Perfect!!” (Perfeito) -Disse irónica.
Robert não disse nada. Sentou-se ao pé da fogueira e fez-me sinal com a mão para me sentar a seu lado.
          -“I’m so sorry...” (Lamento imenso...) - Proferi enquanto me sentava ao seu lado junto à fogueira.
          -“Let it...” (Deixa lá...) “The fault wasn't all yours.” (A culpa não foi só tua.) - Reconfortou-me e deu-me um beijinho na testa encostando-me a ele.
          -“And now? I have hungry...” (E agora? Tenho fome...) - Queixei-me.
          -“Now we have to wait until tomorrow to eat honey.” (Agora vamos ter de esperar por amanhã para comer querida.) “Tomorrow morning I'll try to fish.” (Amanhã de manhã tentarei pescar.) - Prometeu (suspirando).
          -Okay. - Concordei.
          -"Nenhum "tipo" de fome não fazia parte do meu sonho!" - Reflecti indignada.
          -“Well, if we can't eat we have to find something else to do.” (Bem.. se não podemos comer teremos de arranjar algum entretenimento.) - Avisou-me com um sorriso perverso estampado no rosto.
          -"Okay é nestas alturas que o Rob me assusta..." - Reflecti (ainda que a custo) enquanto ele me distribuía beijos (bem docinhos) pelo meu pescoço e decote.
De repente o Robert parou de o fazer.
          -“Hey, you have cold?” ( Ei tens frio?) - Perguntou-me a rir ao reparar na minha pele arrepiada.
          -"Claro que não!" - Desejei poder responder.
          -“Yes...” (Sim...) - Menti.
          -"Já mais lhe iria dizer que estava arrepiada devido aos seus beijos!" - Reflecti envergonhada.
          -“Well, so come here...it’s warming…” (Bem então vem para aqui... está quentinho.) - Proferiu sentando-me no seu colo de frente para ele (enquanto se ria)
          - "Que novidade...”
          -“What's the joke?” (Qual é a graça?) - Interroguei envergonhada (e ofegante) enquanto ele continuava o seu "trabalho" (agora explorando também com as mãos as minhas costas).
          -“None.” (Nenhuma.) “Baby please relax!” (Querida por favor relaxa!) - Pediu-me contendo o riso e selando nos meus lábios um (profundo) beijo.
          -"Como isso fosse possível!" - Conclui, (pela ultima vez), negativamente.
Coloquei então as mãos no seu pescoço enquanto lhe beijava cada pedacinho do seu rosto (exceptuando a boca, que ficaria para o final). Senti o seu olhar "perder-se" no meu decote, onde outrora os lábios haviam estado, e as suas mãos "alisavam" as minhas costas. Coloquei também as minhas mãos dentro da sua t-shirt e comecei a "delinear" os seus abdominais perfeitos (ainda que pouco definidos) e os seus peitorais.
          - "Ai minha mãe que eu hoje morro!! Ele é tãããão perfeitinho!" - Pensava maravilhada.
Parou (novamente) e tomou o meu rosto beijando-me. Depois despiu a sua camisola e deitou-me na areia, junto da fogueira.
Não era uma cama com lençóis de seda, mas com o Rob não importava… Sentia-me confortável.
Puxou o decote da minha camisola para baixo e observou o meu sutiã.
          -“I love your bra...” (Gosto do teu sutiã) - Disse com um sorriso maroto.
Corei...
          -“Really ! Pink, with this little tie in brown... Sexy...” (A sério! Rosa, com este lacinho castanho...Sexy...) - Disse passando o dedo pelo sutiã.
          -“Thanks...” (Obrigada…)- Agradeci envergonhada.
          - “Unfortunately I’m gonna be forced to take it! (Infelizmente vou ser obrigado a tira-lo) - Disse irónico beijando as minhas mamocas...
          - “What!?” (Quê?!) - Dei uma gargalhada...- “You take it if I want...” (Tiras se eu deixar...).
          -“And you don't leave it, ãh?” (E tu não vais deixar, é?) - Sussurrou-me contra o peito.
           “-Humm... with only a condition!!” (Humm... Sò com uma condição!!)- Propus...
          -“What is it ?” (Qual?) - Perguntou sem descolar os seus lábios do meu corpo.
          -“Well, you have to... hum... make a strip for me!” (Bem, tu tens...hum...fazer um strip para mim!) - Disse-lhe ao que ele parou rapidamente de me beijar e me fitou com ar "espantado".
          -“I heard "strip?!?" (Ouvi "strip?!?") – Perguntou-me.
          -“Yes! You can't do that?” (Sim! não podes fazer?) - Confirmei
          -“Humm... So, let’s play that game... "Truth or Dare"! What you say?” (Humm, sendo assim vamos jogar aquele jogo... "Verdade ou Consequência"! Que dizes?) – Sugeriu.
       - I’m in!! (Alinho!!) - Aceitei...
          -"Isto ia aquecer..." – Reflecti agradada com a ideia.
 
P.V. Sara
 
          - "1...2...3...4...5...6...7...8...9...10... Sara respiraaa.... OMFK....Fecha a boca pelo menos, estás a fazer figura de idiota! 1...2...3...4... ok diz qualquer coisa...." - Repetia para mim mesma enquanto babava a olhar para ... ele!!
          - Cof.... cof...- Tossi com falta de ar.... – “Can you... Cof, Cof...Please... put your pants up...? Cof, cof”  - (Podias...Por favor...Por as calças para cima?) - Perguntei tentando controlar a respiração.
          - "Why?" (Porquê?) - Perguntou o Kellan tirando-as por completo e atirando-as para o canto mais longínquo da cozinha e aproximando-se de mim.
          -“You wanna kill me?” (Queres matar-me ?) - Perguntei tentando olhar para outro sitio...
          -“Me ? No! Why? I’m hot, I need to get some fresh air in here... (eu? Não! Porque? Eu estou quente, tenho que apanhar algum ar fresco aqui...) -Justificou-se
          -“Can you get some fresh air outside? Other way who gonna need fresh air it’s be me!” (Podes ir apanhar ar fresco lá para fora? Senão quem vai precisar de ar fresco vou ser eu) - Disse ainda desviando o olhar.
          -“Humm... I don't think so... I’m gonna stay here!” (Humm... Não me parece... Vou ficar aqui!) - Disse aproximando-se mais de mim.
Virei as costas...
          - "Ele tinha razão, aqueles tomates serviam perfeitamente para a tal receita..." - Reflectia pensando na imagem que teimava em ficar na minha cabeça...
          -“Lets continuous?” (Vamos continuar?) - Perguntou Kellan abraçando-me por trás. Dei um pulinho quando senti "algo" no meu rabiosque!!
          -“Yes... You have the tomatoes?” (Sim... Tens os tomates?) - Perguntei ignorando o seu corpo junto ao meu...
          -“Yes!” (Sim!) - Disse.
 Largou-me e esticou a mão até um armário cheio de legumes, tirou dois tomates e pousou-os nas minhas mãos.
         -“Those are goods?” (Esses são bons?) - Perguntou-me
          -“I don't know appreciate tomatoes!” (Não sei apreciar tomates)- Confessei....
Ele deu uma gargalhada...
          - "Porque tinha ele que levar as conversas para o taradismo?" – Pensei.
          -“Of course you know... I’m gonna teach you!!” (Claro que sabes... Vou-te ensinar) - Disse Kellan entusiasmado. – “You hold the tomato...” (Agarras no tomate...)
-Wait! stop!! (Espera! Pára!) - Interrompi. Fui buscar um avental e atirei-lhe... -Wear that! (Veste isso) - Ordenei
Ele revirou os olhos e fez o que lhe pedi...
          -“Now you can teach me!!” (Agora já me podes ensinar!!) - Disse-lhe
Ele riu-se e continuou...
          -“You hold the tomato and then you squeeze it...” (Pegas no tomate e depois apertas...) -Explicou exemplificando... – “If it's soft, then it's because he's mellow...” (Se estiver mole, então é porque está maduro...)
          -“Ok, let me try!” (Ok, deixa-me tentar) - Agarrei no outro tomate e apertei, porem foi com muita força e o tomate esborrachou na minha mão…
        -“Oh, shit!” (Oh merda!) - Gritei suja de tomate.
Kellan riu e eu não resisti em sujá-lo também.
Ele esborrachou também o outro tomate nas minhas costas e começámos os dois a “lutar”, feitos doidos, pela cozinha.
Parámos já cansados e olhamos um para o outro. Estávamos cheios de tomate, da cabeça aos pés.
          -“Omg, I think it’s better we take a shower…” (Omg, eu acho que é melhor nós tomarmos um duche.) - Disse-lhe.
          -“Yes, it’s better!” (Sim, é melhor!) – Concordou – “I show you the bathroom… Come with me.” (Eu mostro-te a casa de banho…Vem comigo.) – Agarrou-me na mão e entrámos numa divisão, bastante grande para uma cabana, tinha um banheira, e um duche.
          -“You can use the bath if you want…” (Podes usar a banheira se quiseres)
          -“I don’t need it, I use the shower…” (Não preciso. Uso o duche) – Disse-lhe – “The towels are there…” (As toalhas estão ali…) - Disse apontando para um armário de canto.
          -“Right!! Thanks” (Certo!! Obrigada) - Disse enquanto tirava o avental… Kellan ficou a olhar para mim junto à porta. Atirei-lhe com o avental cheio de molho de tomate e fiz-lhe sinal para se ir embora…
Virei costas e tirei a única peça de roupa que me sobrava, as cuequitas granditas…
Entrei dentro do chuveiro feliz da vida e abri a torneira…
          - “Humm relaxante…
A água caía quente, e eu pensava nos momentos com o Kellan…
Abri os olhos…
          -“AAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH

- About Us


- Ver Perfil

- Adicionar como Amigo

. 11 seguidores

- Find

- Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

- Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

- Posts Recentes

- Surpresa!

- Capitulo 39 – (P.V. Sara ...

- Capitulo 38 – [P.V. Ângel...

- Capitulo 37 - (P.V. Kella...

- Capitulo 36 – (P.V. Kella...

- Capitulo 35 - (P.V. Kella...

- Capitulo 34 – (P.V. Kella...

- Capitulo 33 - (P.V. Rober...

- Capitulo 32 – P.V. Kellan...

- Capitulo 31 - (P.V. Sara ...

- Arquivos

- Abril 2010

- Março 2010

- Fevereiro 2010

- Janeiro 2010

- Dezembro 2009